skip to Main Content

Secretaria do Patrimônio da União lança portal que facilita o atendimento ao usuário

A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) lançou o novo Portal de Atendimento e-SPU, que simplifica o atendimento ao usuário, na semana passada (9/11). A plataforma eletrônica, disponível em http://e-spu.planejamento.gov.br, disponibiliza o acesso a 23 serviços relacionados aos bens imobiliários da União, que correspondem a 80% dos serviços prestados pela Secretaria.

O secretário de Patrimônio da União, Guilherme Estrada Rodrigues, explicou que atualmente a SPU atende presencialmente cerca de 20 mil pessoas por mês, nas 29 unidades sediadas em todas as capitais do país, sendo duas regionais. “Entre 650 mil usuários, temos cidadãos, poder público, empresas e entidades da sociedade civil. Apenas 20% dos nossos serviços eram acessíveis pela internet, basicamente emissão de Darf. E são 30 tipos diferentes de processos administrativos e requerimentos que podem ser realizados na Secretaria, todos preenchidos a mão e dependentes de um deslocamento dos requerentes para uma das unidades de atendimento. Imagine só uma pessoa de Porto Seguro ou Ilhéus se deslocar até Salvador para resolver o problema”.

Por meio do e-SPU, é possível acessar serviços e dar entrada em requerimentos, inclusive com o envio, pela própria plataforma, de toda a documentação necessária à análise. A comunicação entre a SPU e o usuário, no âmbito do processo, será feita pelo próprio sistema, com notificação por e-mail. A tramitação poderá ser acompanhada de forma transparente pelo usuário que, quando da decisão, será notificado também por correspondência eletrônica.

O vice-presidente para o Distrito Federal do IRIB, Luiz Gustavo Ribeiro Leão, destacou o Acordo de Cooperação recentemente firmado entre a SPU e o Instituto. Segundo ele, o acordo resultará na formulação e na implantação de medidas que busquem o aperfeiçoamento da gestão sobre o registro dos imóveis públicos federais. “As informações dos cartórios do Registro de Imóveis são também fundamentais para a SPU, porque todos os imóveis da União estão registrados em cartório. Então, obter essas informações, por meio das matrículas, é importante. Para o usuário, também é importante, pois quando é feito um requerimento pelo cidadão na SPU, é necessário comprovar a situação e a localização do imóvel, por meio dos registros”.

A TV NBR fez cobertura do lançamento do Portal. Na oportunidade, foram entrevistados o secretário de Patrimônio da União, Guilherme Estrada, e o vice-presidente do IRIB para o DF, Luiz Gustavo Ribeiro Leão, que ressaltaram os benefícios e a praticidade do e-SPU, além do Acordo de Cooperação firmado entre as duas instituições.

Confira a entrevista

Fonte:Assessoria de Comunicação do IRIB, com informações do MPOG

Em 17.11.2016

Back To Top
ACESSO À ÁREA DO ASSOCIADO



Esqueci a senha