BE4590

Compartilhe:


BE4590 - ANO XIV - São Paulo, 13 de Outubro de 2016 - ISSN1677-4388

versão para impressão
Dois importantes eventos acontecem em Florianópolis/SC, no final do mês
A cidade recebe o XI Seminário Luso-Brasileiro-Espanhol-Chileno de Direito Registral Imobiliário (dias 27 e 28) e o VII Encontro Regional Imobiliário de Santa Catarina (dia 29). As inscrições são separadas

Dois importantes eventos para o Direito Registral movimentam Florianópolis/SC, na última semana de outubro, ambos no Hotel Majestic. Nos dias 27 e 28, a cidade vai sediar o XI Seminário Luso-Brasileiro-Espanhol-Chileno de Direito Registral Imobiliário, reunindo participantes dos países organizadores. Na sequência, no dia 29, será realizado o VII Encontro Regional Imobiliário de Santa Catarina.

A edição 2016 do Seminário vai discutir os seguintes temas: “Novas formas de propriedade e o Direito Comparado” (Melhim Namen Chalhub e Renato Martins Silva); “As novas tecnologias e o registro predial na sociedade da informação – Publicidade versus privacidade” (Madalena Teixeira e Bianca Castellar de Faria); “Registro Eletrônico” (D. Sergio Saavedra e Frederico Jorge Vaz de Figueiredo Assad); “Usucapião extrajudicial, fundamentos constitucionais para a desjudicialização e o Direito Comparado” (Mónica Jardim e Henrique Ferraz Corrêa de Mello); “Proteção ao terceiro adquirente de boa-fé: inoponibilidade, legitimação e a fé pública registral” (Ivan Jacopetti Lago); “Cadastro Territorial” (D. Enrique Maside).

A programação do VII Encontro Regional Imobiliário de Santa Catarina reúne assuntos como “Gratuidades” (Des. Ricardo Dip); “Usucapião extrajudicial” (João Pedro Lamana Paiva); “Lar Legal” (Des. Lédio Rosa de Andrade), além de painel sobre soluções tecnológicas e palestra motivacional.

As inscrições do XI Seminário estão abertas no site www.irib.org.br. Associados ao IRIB e às instituições organizadoras (Centro de Estudos Notariais e Registrais da Faculdade de Coimbra/Portugal, Colégio de Registradores da Espanha e Corporação Chilena de Estudos de Direito Registral) e registradores filiados à Anoreg-SC e ao Colégio Registral de Santa Catarina contam com tarifas diferenciadas.  Para o VII Encontro Regional Imobiliário de Santa Catarina, não há pagamento de taxa de participação, mas é necessária a inscrição prévia no site www.colegiorisc.org.br.

XI Seminário - informações e inscrições

VII Encontro - informações e inscrições

Fonte: Assessoria de Comunicação do IRIB
Em 13.10.2016

Nova edição do Boletim do IRIB em Revista está disponível para os associados
O volume nº 355 traz a cobertura completa do 35º Encontro Regional dos Oficiais de Registro de Imóveis, realizado em Goiânia/GO

O IRIB publica a edição nº 355 do Boletim do IRIB em Revista (BIR), na área restrita aos associados do Instituto. Com 116 páginas, a revista traz a cobertura completa do 35º Encontro Regional dos Oficiais de Registro de Imóveis, que aconteceu na cidade de Goiânia/GO, no final do mês de abril.

“A Lei nº 13.097/215, a concentração e o reforço de eficácia do Registro de Imóveis brasileiro: algumas reflexões iniciais”, “Os efeitos do novo CPC nas atividades dos notários e registradores”, “O registro eletrônico de imóveis como fenômeno autopoiético”, “Regularização fundiária urbana” e “Estrutura fundiária brasileira e a separação, extinção da união estável, divórcio, inventário e partilha consensuais, de acordo com o novo CPC” são os temas abordados na publicação.

Além dos artigos, a Revista traz uma sessão especial do registro eletrônico, com textos sobre o lançamento do portal RegistradoresBR, que aconteceu no dia 9 de agosto; sobre as centrais estaduais e seus serviços; sobre o trabalho da Coordenação Nacional das Centrais de Serviços Eletrônicos Compartilhados; o discurso da ministra Nancy Andrighy no dia do lançamento do portal; e ainda uma entrevista com o presidente do IRIB, João Pedro Lamana Paiva, onde ele destaca os desafios para a viabilização do portal RegistradoresBR. 

Os exemplares impressos já foram enviados para os associados, que também já podem acessar a versão eletrônica no portal do IRIB, em área restrita, mediante login e senha.

Versão eletrônica

Fonte: Assessoria de Comunicação do IRIB
Em 13.10.2016

“Usucapião Extrajudicial e o silêncio como discordância”
Artigo do presidente do IRIB e titular da 1ª Zona de Registro de Imóveis de Porto Alegre/RS, João Pedro Lamana Paiva, foi publicado na Revista do Conselho dos Tribunais de Justiça

O novo Código de Processo Civil (Lei nº 13.105, de 16.3.2015), seguindo a tendência em ascensão da desjudicialização de procedimentos, que ganhou ênfase a partir da Emenda Constitucional nº 45/2004, conhecida como emenda da reforma do Judiciário, introduziu na ordem jurídica brasileira, de forma opcional ao jurisdicionado, o instituto da usucapião extrajudicial processada perante o Registro de Imóveis, nos termos do artigo 1.071 do novo Código de Processo Civil que acrescentou o artigo 216-A ao texto da Lei nº 6.015/1973 (Lei de Registros Públicos).

A ideia embrionária de retirar do Poder Judiciário a sobrecarga de processos, compartilhando com os notários e registradores os procedimentos que poderiam, com segurança, ser por eles praticados na via extrajudicial, poder-se-ia dizer que começou a tomar forma quando da promulgação da Lei Federal nº 9.514/1997, que instituiu a alienação fiduciária de bens imóveis no país. Com a entrada em vigor dessa lei, passou--se a “executar” a dívida pelo não pagamento das parcelas de financiamento imobiliário mediante o procedimento notificatório do artigo 26 da mencionada lei. Por ele, o mutuário é notificado a pagar a dívida em 15 dias e, não sendo feito o pagamento, estará autorizada a emissão, contra o devedor, de certidão de sua constituição em mora e, uma vez comprovado o pagamento do imposto de transmissão, realiza-se a averbação da consolidação da propriedade imobiliária em nome do credor. Ou seja, se depois de notificado, o devedor-fiduciante não pagar a dívida, perderá a pretensão real de aquisição do imóvel, assim como o credor-fiduciário se tornará o proprietário do imóvel objeto da garantia, operando-se, tudo isso, no âmbito administrativo, sem a necessidade de ingresso em juízo.

Íntegra do artigo

Revista completa

 

Fonte: Edição 11 da Revista do Conselho dos Tribunais de Justiça
Em 13.10.2016

TJMG: Compra e venda. Imóvel hipotecado – Cédula de Crédito Rural. Credor – anuência.
Imóvel hipotecado em garantia de Cédula de Crédito Rural pode ser vendido desde que haja anuência prévia do credor hipotecário.

A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) julgou a Apelação Cível nº 1.0137.14.001015-8/001, onde se decidiu que o Decreto-Lei nº 167/67 não veda a venda do bem hipotecado, mas condiciona a efetiva transmissão à prévia anuência do credor. O acórdão teve como Relator o Desembargador Amauri Pinto Ferreira e o recurso foi, por unanimidade, julgado improvido.

O caso trata de apelação interposta em face de sentença que julgou procedente a dúvida suscitada pelo Oficial Registrador. Nas razões recursais, o apelante sustentou que o que se pretendeu foi o registro do recorrente em comunhão com o devedor, sem que fosse retirada a hipoteca sobre o imóvel e alegou que o fato de o bem estar hipotecado não impede a sua venda e o registro do título, desde que o comprador esteja ciente da existência do gravame. Afirmou, ainda, que não obstante a fundamentação no sentido de que o Decreto-Lei nº 161/67 condiciona a venda de bens hipotecados à prévia anuência do credor, o Código Civil, posterior, estabelece expressamente no art. 1.475 ser nula a cláusula que proíbe ao proprietário alienar o imóvel hipotecado.

Íntegra da decisão

Leia mais

Seleção: Consultoria do IRIB.
Fonte: Base de dados de Jurisprudência do IRIB.

Usucapião judicial. Co-proprietários – citação.
Questão esclarece dúvida acerca da usucapião judicial.

Nesta edição do Boletim Eletrônico esclarecemos dúvida acerca da usucapião judicial. Veja nosso posicionamento sobre o assunto:

Pergunta: Recebemos um mandado judicial de usucapião e, ao qualificá-lo, verifiquei que o imóvel usucapido possui oito co-proprietários, mas só dois deles constaram como réus nos autos. Pergunto: Tal fato é impeditivo do registro?

Veja a resposta

Seleção: Consultoria do IRIB.
Fonte: Base de dados do IRIB Responde.

Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada, adicione o email boletim@irib.org.br ao seu catálogo de endereços.

EXPEDIENTE - BOLETIM ELETRÔNICO DO IRIB

O Boletim Eletrônico é uma publicação do Instituto de Registro Imobiliário do Brasil - IRIB.

Presidente do IRIB: João Pedro Lamana Paiva (presidentelamanapaiva@irib.org.br)
Jornalista responsável: Andrea Vieira Mtb 4.188
Textos: Juliana Affe
Consultoria: Fábio Fuzari e Daniela Lopes
Ouvidoria: ouvidoria@irib.org.br
Revisão Técnica:
João Pedro Lamana Paiva (presidente do IRIB); Francisco José Rezende dos Santos (membro do Conselho Deliberativo e vice-presidente para o Estado de Minas Gerais); Ricardo Basto da Costa Coelho (membro do Conselho Deliberativo); José Augusto Alves Pinto (vice-presidente para o Estado do Paraná); Sérgio Busso (1º tesoureiro); Eduardo Agostinho Arruda Augusto (diretor de Assuntos Agrários); Jordan Fabrício Martins (diretor Social e de Eventos); Maria do Carmo de Rezende Campos Couto (vice-presidente para o Estado de São Paulo); Luiz Egon Richter (diretor Legislativo); José de Arimatéia Barbosa (vice-presidente para o Estado do Mato Grosso); Helvécio Duia Castello (membro do Conselho Deliberativo), Maria Aparecida Bianchin Pacheco (suplente do Conselho Fiscal) e Ricardo Gonçalves (representante do IRIB para o Estado do Maranhão).

Nota de responsabilidade

O inteiro teor das notícias e informações você encontra no site do Instituto de Registro Imobiliário do Brasil - IRIB. O IRIB não assume qualquer responsabilidade pelo teor do que é veiculado neste informativo.
As opiniões veiculadas não expressam necessariamente a opinião da diretoria do IRIB e dos editores deste boletim eletrônico. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.

Direitos de reprodução

As matérias aqui veiculadas podem ser reproduzidas mediante expressa autorização dos editores, com a indicação da fonte.



Av. Paulista, 2073 - Horsa I - Conjuntos 1.201 e 1.202 - Bairro Cerqueira Cesar
CEP 01311-300 - São Paulo/SP, Brasil

(11) 3289-3599 | (11) 3289-3321

www.irib.org.br